Carregando

De Nadal pede instalação de mais leitos de UTI e ampliação do Terezinha Gaio Basso

De Nadal pede instalação de mais leitos de UTI e ampliação do Terezinha Gaio Basso

Wednesday, 16 de October de 2019

O vice-presidente da Alesc, deputado Mauro De Nadal, protocolou indicação junto ao Governo do Estado, solicitando a ampliação do Hospital Regional Terezinha Gaio Basso, de São Miguel do Oeste. O parlamentar pediu ainda a instalação de mais 10 leitos de UTI, tendo em vista que o hospital presta atendimento a aproximadamente 230.000 pessoas em 30 municípios da região Extremo Oeste Catarinense. “O Terezinha Gaio Basso é 100% SUS, oferecendo tratamento de média e alta complexidade e em mais de 20 especialidades. Tem uma elevada taxa de ocupação, necessitando de uma ampliação para aumentar o número de leitos que atenderá ainda mais e melhor a população do oeste”, comenta o parlamentar.

O Hospital foi inaugurado em 2011 e possui 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva e outros 82 leitos de internações clinica e cirúrgica. Mensalmente, a taxa de ocupação chega a 90% nos leitos de UTI e faz com que pacientes necessitando de internação no setor permaneçam no pronto socorro por mais de 24 horas pela não disponibilidade. “A problemática de falta de leitos na UTI impacta também nas situações de emergências cirúrgicas, fazendo com que após a realização do procedimento, o paciente que necessita de cuidados intensivos fique em outras estruturas do hospital.”

Oncologia

Após muita articulação do deputado Mauro De Nadal junto ao governo do estado, em agosto de 2018 foi implantado o setor de oncologia no Hospital Terezinha Gaio Basso. “Para a nossa felicidade, atendendo o nosso pleito de levar especialidade na área da saúde para o interior de Santa Catarina e atendermos nossa gente mais perto de suas residências, o então governado Eduardo Pinho Moreira, implantou o tratamento do câncer em São Miguel do Oeste. Em um ano de funcionamento, os números surpreendem e mostram a necessidade de levarmos mais serviços para próximo do cidadão”, pontua o vice-presidente da Alesc.

Nos 365 dias de atendimento à população o setor oncológico já realizou mais de 4 mil consultas e retornos, sendo que do total, quase 800 são de pacientes novos. Cerca de 17.500 exames clínicos, de imagem e de patologia. Além disso, quase 500 procedimentos cirúrgicos foram feitos, uma média em torno de 40 cirurgias mensais.

Entre os tipos de câncer, os diagnósticos mostram três principais: de próstata (33%), de mama (32%) e de cólon (13%).

Ver todas

Você gostará de ler também:

Por meio de emendas impositivas, micro-ônibus são entregues a municípios

Por meio de emendas impositivas, micro-ônibus são entregues a municípios

Na tarde desta quinta-feira (31), o Governo de Santa Catarina entregou três micro-ônibus para os municípios de Flor do Sertão, Arvo...
De Nadal movimenta Parlamento catarinense contra alteração que sugere aumento na tributação da e

De Nadal movimenta Parlamento catarinense contra alteração que sugere aumento na tributação da e

O vice-presidente da Alesc, deputado Mauro De Nadal levou a votação dos deputados estaduais uma Moção de Repúdio à proposta de al...
Projeto de recolhimento de animais mortos, autoria do deputado Mauro De Nadal recebe regulamentaçã

Projeto de recolhimento de animais mortos, autoria do deputado Mauro De Nadal recebe regulamentaçã

O Ministério da Agricultura normatizou o processo de recolhimento, processamento e destinação dos animais mortos, projeto esse de ...